Miopia infantil: descubra os sinais e as melhores lentes

    O aumento da miopia infantil vem assustando pais e profissionais da área de saúde. 

    Segundo pesquisa da Academia Americana de Oftalmologia (AAO), até 2050, metade da população mundial terá miopia. Além disso, esse distúrbio visual, cuja principal característica é a dificuldade de enxergar de longe, é mais difícil de ser identificado na fase infantil. 

    Por isso, muitas crianças podem ser prejudicadas em diversas áreas, incluindo o aprendizado escolar e as tarefas do dia-a-dia. Sobretudo, um dos dados alarmantes é que a miopia infantil está se desenvolvendo em crianças cada vez mais jovens – antes, a idade típica para o surgimento dos primeiros sinais era entre os 8 a 12 anos. 

    Estima-se que 20% dos jovens em idade escolar hoje são diagnosticados com doenças visuais. Assim, quanto mais cedo a miopia infantil surge, mais chances a criança terá de desenvolver miopia na idade adulta – o que pode gerar problemas mais graves na saúde ocular, como glaucoma, descolamento da retina, catarata e maculopatia miópica.

    Leia também: Quais são as melhores lentes de grau para crianças? – Orgalent 

    Miopia infantil: o que está causando o aumento de crianças míopes?

    Durante a infância diversos problemas de saúde ocular são descobertos. Porém, com o tratamento correto, alguns podem ser curados, enquanto outros seguem até a idade adulta. São elas: miopia, a hipermetropia, o astigmatismo e a presbiopia (ou vista cansada).

    Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a miopia é o principal problema de saúde ocular na infância. Ainda de acordo com a OMS, a miopia infantil é um dos problemas de saúde pública que mais crescem no mundo. Nesse sentido, o Hospital de Olhos, em São Paulo, notou um aumento de 23% nos diagnósticos de miopia infantil entre os 0 a 12 anos no primeiro semestre de 2021, comparado com o mesmo período deste ano — de 421 pacientes para 538 nos primeiros seis meses de 2022.

    Motivos para o aumento da miopia infantil no mundo

    Embora também possa ser genético, o aumento da miopia infantil possui outros agravantes. Inclusive, de acordo com Neema Ghorbani-Mojarrad, professor da Universidade de Bradford, no Reino Unido, apenas uma pequena parte das crianças desenvolvem miopia por motivos puramente genéticos. 

    A miopia é um distúrbio visual caracterizado por um globo ocular mais “longo”, o que provoca a formação da imagem antes que a luz chegue até a retina. Além disso, essa doença também está relacionada às mudanças de estilo de vida moderno. 

    Alguns hábitos são decisivos para o desenvolvimento da miopia infantil. Por exemplo, a pouca incidência de luz natural e longos períodos de leitura são fatores desencadeantes para a doença. Assim, longos períodos de exposição em frente às telas de aparelhos eletrônicos também precisam ser evitados.

    Separamos os três principais motivos para o aumento da miopia infantil. Continue a leitura!

    Três principais motivos para o aumento da miopia infantil 

    O aumento dos diagnósticos de miopia infantil assusta e foi considerado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como um dos problemas de saúde pública que mais crescem no mundo. Cerca de 15% dos jovens de 15 anos têm a enfermidade. Saiba quais são os três principais motivos.

    Luz solar

    Pesquisas apontam que crianças que passam pelo menos 90 minutos à luz natural do sol a cada dia possuem menores taxas de progressão da miopia.

    Ainda de acordo com os estudos, a diminuição da luz solar natural e o aumento da luz artificial são fatores importantes para o surgimento da miopia em crianças. Assim, mais do que somente as horas dentro de salas de aula, o fator de insegurança nos centros urbanos também prejudica a visão infantil.

    Por causa da falta de segurança, muitas crianças passam mais tempo brincando dentro de ambientes fechados. Isso, somado às horas em frente à televisão e celular, afastam os menores de atividades em locais abertos. 

    Inclusive, a exposição à luz solar (com os devidos cuidados), estimula a produção da dopamina, um neurotransmissor ligado aos mecanismos. 

    Além disso, passar muito tempo em locais iluminados artificialmente e em atividades que não requerem reforço da visão pode aumentar os casos de miopia através da falta de estímulo da visão à distância. Ou seja, ao passar muito tempo diante do celular, a criança não desenvolve corretamente os olhos. 

    Uso de telas 

    Ainda que não seja possível estabelecer uma relação de causa e efeito entre o uso de celulares e o aumento da miopia infantil, estudos comprovam que existe uma relação entre ambos. 

    Por isso, o ideal é se atentar à exposição exagerada de crianças e adolescentes aos celulares, tablets e televisão. Inclusive, essa medida é importante para evitar danos, também, à socialização de crianças – principalmente as menores. 

    Reflexos da quarentena

    Devido à covid-19, as crianças passaram ainda mais tempo em ambientes internos e a incidência de miopia infantil aumentou. De acordo com pesquisa realizada na China, antes da pandemia, entre 2015 e 2019, a taxa de miopia mais alta medida entre crianças com seis anos de idade foi de 5,7%. 

    Porém, segundo David C. Musch, professor de oftalmologia, ciências visuais e epidemiologia da Universidade do Michigan, nos Estados Unidos, em junho de 2020, após cinco meses de quarentena, pesquisas atestaram que, no mesmo grupo de idade,  a incidência havia disparado para 21,5%. 

    De acordo com os estudiosos, esse aumento significativo de crianças míopes é ligado ao tempo de exposição a telas e diminuição do período de exposição à luz natural entre crianças durante a quarentena. 

    Principais sintomas da miopia infantil

    Se para os adultos já é essencial ter uma visão saudável, para os pequenos é ainda mais. Afinal, é nessa fase da vida que descobrimos as principais habilidades cognitivas necessárias para um bom desenvolvimento. Separamos os principais sintomas da miopia infantil!

    • Visão desfocada em distâncias mais longas;
    • Apertar os olhos para tentar enxergar melhor;
    • Esfregar frequentemente os olhos;
    • Dores de cabeça;
    • Estrabismo;
    • Maior distração nas aulas e em momentos de lazer;
    • Embaçamento de objetos distantes;
    • Segurar objetos mais perto dos olhos;
    • Lacrimejamento de olhos em excesso; 
    • Dificuldade para ver filmes ou enxergar o quadro na sala de aula;
    • Escrever e ler com o rosto muito perto do caderno ou livro.
    • Queixas de visão cansada ou dor nos olhos no fim de um dia;

    Se seu filho apresenta algum desses sintomas, o ideal é procurar um oftalmologista para maiores cuidados.

    Tratamento e prevenção da miopia infantil: conheça a Essilor® Stellest™

    Através do uso de óculos e lentes corretivas, além da própria cirurgia de correção, é possível tratar a miopia. 

    Porém, em casos de miopia infantil, há outras alternativas mais tranquilas para prevenir o desenvolvimento da doença. De acordo com a Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica (SBOP) e a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), os pais devem estimular os filhos a brincarem em locais com iluminação natural e evitar a exposição às telas para crianças menores de 2 anos. 

     Inclusive, até os 5 anos, é preciso limitar o tempo de uso de telas até uma hora por dia, sempre com supervisão dos pais e responsáveis. Para crianças entre 6 e 10 anos, o tempo limite deve ser de duas horas por dia e adolescentes, até três horas.

    Essilor® Stellest™

    Para além desses cuidados, novas tecnologias surgem como aliadas para a diminuição da miopia infantil. As Lentes Essilor® Stellest™ Airwear Crizal Kids UV são produzidas exclusivamente pela Essilor, para a correção e controle da progressão da miopia infantil.

    A lente Essilor® Stellest™, atua na correção da miopia e impede que os olhos se alonguem mais do que o indicado. Afinal, como já sabemos, esse alongamento é o responsável pela piora da miopia infantil. 

    De acordo com o estudo clínico duplo-cego randomizado, feito no Eye Hospital, da Wenzhou Medical University, na China, e publicado na revista científica Jama Ophthalmology, em março de 2022, as lentes Essilor® Stellest™ desacelera a progressão da miopia em até 67% das crianças na faixa etária dos 8 aos 13 anos, quando utilizada diariamente por 12 horas.

    As Lentes Essilor® Stellest™ Airwear Crizal Kids UV são uma solução inovadora e transformadora quando o assunto é desacelerar a progressão da miopia em crianças. Por meio de uma área de visão simples, elas proporcionam a correção da miopia e uma visão nítida de longe e, mais do que isso, por meio da tecnologia H.A.L.T. 3 elas controlam a progressão da miopia.

    Saiba mais aqui. 

    Conheça a Orgalent

    A Orgalent pertence ao grupo Essilor, e disponibiliza as melhores tecnologias que existem no mercado, que são utilizadas em laboratórios europeus e norte-americanos.

    Somos o  laboratório mais completo na América Latina. Temos como missão atender os lojistas com excelência. Oferecemos um vasto leque de serviços relacionados ao mercado óptico, como tratamentos de lentes, colorações e montagens.

    No portfólio, encontram- se marcas de lentes que possuem reconhecimento em todo mundo. Algumas delas são:

    Varilux

    Lentes Kodak

    Transitions

    Xperia

    Crizal

    Brasilor

    Oxford

     

    Inteligência Artificial na saúde ocular: o que tem a ver?

    Se você acha que Inteligência Artificial na saúde ocular não tem nada a ver, nós temos uma notícia: você está errado!

    De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente 2,2 bilhões de pessoas no mundo têm algum tipo de deficiência visual, em maior ou menor grau, ou possuem perda total da visão. Desse total, 80% dos casos de cegueira poderiam ser evitados com acompanhamento médico e exames preventivos.

    Outros dados assustadores publicados no The Lancet, em 2021, trouxeram à tona que o isolamento social fez com que os índices de miopia aumentassem cerca de 40% entre as pessoas de 5 a 18 anos. Afinal, nesse período, passamos a ficar mais tempo em contato direto com as luzes dos aparelhos eletrônicos.

    Porém, a pergunta continua: qual o impacto da Inteligência Artificial na saúde ocular?

    Se você se interessou por esse tema, também vai gostar do nosso artigo sobre Metaverso e setor óptico: Saiba como esses dois universos podem se integrar 

    A tecnologia move o mundo

    A frase mais conhecida de Steve Jobs se encaixa como uma luva nessa questão. A Inteligência Artificial é um poderoso artifício no dia-a-dia de diversas profissões e quem trabalha com tecnologia já conhece seus benefícios. 

    A inteligência artificial (IA) faz parte da quarta revolução industrial que vivemos atualmente. E ela, certamente, mudará a maneira do trabalho médico, empregando análises preditivas e ferramentas de apoio à decisão do dia a dia assistencial.

    Dessa forma, em um futuro não muito distante, a oftalmologia estará conectada em grandes registros de dados, também chamados de Big Data. Em questão de segundos, as Big Data poderão informar de forma precisa sobre o histórico médico de pacientes com o mesmo tipo de comorbidade e tratamento. 

    Vivemos em uma sociedade abundante de informação e nem sempre é fácil reconhecer aquilo que, de fato, é importante para um caso específico. Assim, a Inteligência Artificial na saúde ocular impacta positivamente através de suas ferramentas inteligentes para a melhoria das decisões médicas.  

    Inteligência Artificial e Saúde Ocular: como já cooperam

    A Inteligência Artificial (IA) tem o potencial de trazer uma série de benefícios para a saúde ocular. Primeiramente, a Inteligência Artificial auxilia na detecção e diagnóstico precoce de doenças oculares. 

    Algoritmos de IA podem analisar imagens de retina, detectar anomalias e identificar sinais de condições como retinopatia diabética, degeneração macular e glaucoma. Assim, essa detecção precoce permite um tratamento mais eficaz e pode ajudar a prevenir complicações graves.

    I.A e personalização 

    Além disso, a IA também pode ser utilizada na personalização de lentes oftálmicas. Através de técnicas de aprendizado de máquina, é possível analisar dados individuais do paciente, como medidas oculares e comportamentais, e criar lentes personalizadas que se adaptem perfeitamente às suas necessidades visuais, oferecendo uma visão mais nítida e confortável.

    Ou seja, a Inteligência Artificial e a saúde ocular já andam lado a lado. Desde a detecção precoce de doenças até a personalização de lentes, a IA tem o potencial de melhorar a precisão dos diagnósticos, a eficácia dos tratamentos e a qualidade de vida dos pacientes oftalmológicos.

    Assim, o uso dessa tecnologia promissora pode revolucionar a forma como a saúde ocular é cuidada e, consequentemente, contribuir para a preservação da visão e o bem-estar dos indivíduos.

     

    Conheça a Orgalent: 

    Somos o maior Laboratório Óptico da América Latina.

    A Orgalent é um laboratório óptico do grupo Essilor. Há 30 anos no mercado, disponibilizamos um leque de serviços relacionados ao segmento óptico, como tratamentos de lentes, colorações e montagens.

    Investimos constantemente em tecnologia e somos destaque no mercado como uma empresa que valoriza, acima de tudo, a satisfação dos clientes. Oferecemos lentes com o melhor acabamento e tratamentos com maior durabilidade, respeitando padrões estéticos e garantindo a satisfação do usuário final.

    Por isso,  temos uma oferta variada de lentes reconhecidas no mercado para proteger e melhorar a visão dos usuários.

    Entre em contato com nosso time e saiba mais! 

    Gostou do conteúdo?

    Aproveite para ler também o post que fizemos sobre Obesidade e saúde ocular: entenda a relação. Continue acompanhando nossos artigos!

    Metaverso e setor óptico: Saiba como esses dois universos podem se integrar

    Se você está atento às novidades do mundo digital, com certeza já ouviu falar no Metaverso. O termo, apesar de já ser conhecido pelo público Geek desde 1992, quando foi lançado “Snow Crash”( escrito por Neal Stephenson), ganhou o grande público no início de 2021, com o anúncio do Facebook sobre a intenção de se tornar uma empresa de Metaverso nos próximos cinco anos.

    O “metaverso” refere-se a uma ‘realidade paralela’ possível de ser acessada através da tecnologia. Nessa realidade, serão criados espaços em 3D no metaverso, onde as pessoas poderão interagir, aprender, jogar e conversar. 

    Para auxiliar nesse processo, os óculos de realidade aumentada fazem parte da construção dos mundos virtuais, servindo a diversas áreas, como a saúde e a educação. A transformação digital é um fato, mas muitas empresas, de diversos nichos, ainda ficam em dúvida de como encaixar seus serviços nessa nova realidade.

    Setor óptico no Metaverso: dá pra enxergar essa parceria?

    Embora de início essa ideia pareça duvidosa, a inserção de lojas óticas no Metaverso é um importante passo para a expansão dos negócios e da fomentação da tecnologia.

    1.Loja virtual

    Enquanto hoje as lojas virtuais são feitas somente através de sites e redes sociais, como Instagram e Facebook, o Metaverso pode ampliar esse segmento. 

    Através da criação de um avatar, o convidado pode se locomover por sua loja virtual, como se estivesse na sua empresa física, conversar com seus atendentes virtuais e escolher seus próprios produtos. 

    Uma experiência diferenciada, não é mesmo?

    2.Imersão 3D e mais interações

    Além da loja virtual, o cliente também poderá conhecer a estrutura virtual da sua loja, que poderá ser idêntica à estrutura real dela. Inclusive, você poderá colocar opções de óculos à venda para que os clientes possam comprar para utilizar no Metaverso. 

    Esse modelo de negócio virtual seria ideal para os empreendedores que atuam próximos de cidades pequenas, cujos clientes interessados precisam viajar muitos quilômetros para chegar até a unidade mais próxima.

    Incentivo às ações de inovação

    O Metaverso chega para tirar as empresas da zona de conforto e compreender quais as dores e necessidades de cada cliente. Em cima disso, é necessário, também, entender como o uso dessa tecnologia pode resolver os problemas dos clientes de óticas e demais setores.

    Ao oferecer experiências aos clientes que vão desde o convívio social até atividades profissionais – principalmente em tempos pós pandemia em que tantos desenvolveram Transtorno de Ansiedade Social – as empresas auxiliam a expandir seus negócios e a fomentar a economia através do Metaverso.

    Além disso, é possível que novos modelos de negócios e empresas surjam neste cenário virtual através do uso de criptomoedas, um forte ponto para fazer a economia do Metaverso girar.

    Óculos inteligente integra mundo real ao virtual

    Em Junho de 2022, o CEO da Meta (ex-Facebook), Mark Zuckerberg, apresentou ao mundo os óculos inteligentes, em parceria com a famosa marca Ray-Ban. 

    O acessório smart é capaz de integrar a o mundo real com a realidade virtual através da gravação de stories para o Instagram, postagem nas redes sociais e até mesmo integração com o WhatsApp.

    Os óculos inteligentes – ou wearable – estão sendo vendidos somente em dez países ao redor do mundo. Seus proprietários podem realizar chamadas, ouvir e enviar mensagens, com criptografia de ponta a ponta. 

    Até o momento, o produto está sem previsão de chegar ao Brasil.

    Aos donos de ótica: quem será a primeira empresa a comprar essa ideia?

    Conheça a Orgalent: uma empresa 100% do Grupo Essilor

    A Orgalent tem como principal premissa melhorar a vida através da visão. Enquanto uma empresa 100% do grupo Essilor, temos em mãos tecnologias que são aplicadas em laboratórios europeus e norte-americanos. Tudo isso para que a sua ótica ofereça as melhores lentes do mercado para os clientes.

    Confira abaixo as marcas que estão presentes em nosso portfólio:

    Varilux

    Lentes Kodak

    Transitions

    Xperia

    Crizal

    Brasilor

    Oxford

    Eos

    Paragon

    E mais!

    Entre em contato e saiba mais sobre nossos produtos e serviços! Gostou do conteúdo? 

    Não deixe de ler o texto que preparamos sobre Lentes antirreflexo: cinco motivos para indicar ao seu cliente

     

    Veja tecnologias para óculos de grau e onde encontrar

    Óculos de grau não são e não devem ser tratados como meros acessórios. Existem tecnologias para óculos de grau que podem transformar a maneira como você enxerga. Para quem sofre de miopia – problema ocular que causa dificuldade ao enxergar objetos de longe – hipermetropia – que prejudica a visão no que se refere a enxergar objetos de longe – e/ou outras patologias oculares, este objeto é essencial para corrigir a visão e indispensável para a saúde.

    Como já não é segredo para ninguém, nem todas as lentes oftálmicas são iguais. Cada necessidade do usuário requer um tratamento especial , e existem tecnologias para lentes que podem melhorar ainda mais os resultados e trazer novos benefícios para a visão do seu cliente.

    De antirreflexo a fotossensíveis, de filtro azul ou até mesmo modelos específicos para quem sofre de  daltonismo, os laboratórios que são referência na fabricação de lentes de óculos de grau trabalham com variedade nas tecnologias aplicadas às lentes de óculos de grau.

    E conhecê-las é essencial para orientar e oferecer ao seu cliente a opção que trará mais conforto para ele.

    Em um mercado tão acirrado como o de óticas, o seu empreendimento  só tem a ganhar quando dispõe de uma grande variedade de lentes oftálmicas.  E engana-se quem pensa que elas são difíceis de serem encontradas. Muitas das melhores tecnologias para lentes estão disponíveis no mercado brasileiro e bem mais perto do que você imagina.

    Para te ajudar a sanar as dúvidas dos seus clientes e a oferecer o melhor modelo para ele, nós da Orgalent preparamos um verdadeiro guia com as principais tecnologias, bem como marcas que são referência. Boa leitura!

    Quais são as tecnologias para óculos de grau mais conhecidas e requisitadas no mercado?

    Graças aos avanços nas pesquisas, as transformações na maneira como as lentes são produzidas proporcionam maior qualidade de vida para as pessoas que precisam usar óculos.

    Para reter e atrair clientes, você não pode deixar de lado as tecnologias mais usadas no mercado de lentes oftálmicas. Confere só algumas das mais conhecidas e onde elas podem ser encontradas!

    1. Tecnologia para óculos de grau antirreflexo

    O tratamento antirreflexo para as lentes de óculos é responsável por bloquear a luz refletida. Essa tecnologia é aplicada sobre a superfície dos dois lados das lentes, e os benefícios não se limitam a questões estéticas.

    Motivos para comprar lentes antirreflexo:

    As lentes antirreflexo são ideais para aquele cliente que passa horas em frente ao computador e reclama de dores de cabeça, porque aumentam o conforto visual e evitam a fadiga ocular, que causam esses sintomas. Possuem proteção UV.

    Além disso, elas também deixam a visão mais nítida e geram maior transparência, proteção e nitidez. Geralmente também contam com o tratamento antirrisco que facilita a limpeza e as torna mais resistentes a arranhões.

    Por fim, as lentes com a tecnologia antirreflexo também melhoram as aparências de óculos com graus mais elevados, evitando o aspecto fundo de garrafa. Elas deixam as lentes com aspectos mais finos, diminuindo as chances dos olhos ficarem com um aspecto menor.

    Onde encontrar lentes com o tratamento antirreflexo?

    As lentes antirreflexo são fabricadas e comercializadas por diversos laboratórios no Brasil inteiro. Merece destaque a Crizal, da Essilor, que oferece diferentes lentes com essa tecnologia. Confira abaixo:

    • Crizal Easy UV: Além do antirreflexo, também apresenta camada hidrofóbica, que repele a água. Essa lente também é considerada muito mais fácil de limpar do que os modelos tradicionais;
    • Optifog: ideal para quem pratica esportes. É resistente à arranhões e não embaça.
    • Crizal Forte UV: Apresenta a tecnologia antirreflexo e preço acessível;
    • Crizal Sapphire: É uma lente bastante completa: oferece o tratamento antirreflexo, proteção UV e lentes fáceis de serem limpas.
    • Crizal Prevencia: bloqueia os raios UV e filtra a luz azul-violeta. Também protege contra a poeira e arranhões.
    1. Lentes fotossensíveis

    A gente bem sabe quando a exposição ao sol pode trazer danos à visão, não é mesmo? As lentes fotossensíveis ou fotocromáticas são aquelas que reagem aos raios violetas e ficam escuras quando expostas e se tornam claras quando a exposição a esses raios diminui.

    Confira abaixo as vantagens que essa tecnologia pode proporcionar ao cliente da sua ótica:

    Por que comprar lentes fotossensíveis?

    As lentes com a tecnologia fotossensível trazem muitos benefícios para quem as usa. Elas são bastante práticas, pois evitam a troca constante de óculos de grau e sol por conta da iluminação.

    Além disso, proporcionam maior conforto aos olhos por evitarem a fotofobia, sensibilidade à luz. Também evitam doenças como catarata, câncer da conjuntiva, ceratite e a degeneração macular.

    Onde encontrar lentes fotossensíveis no mercado óptico?

    As lentes fotossensíveis mais vendidas em todo mundo pertencem à  marca Transitions, fabricadas no Brasil pelos laboratórios do grupo Essilor.  Elas podem ser fabricadas de diferentes cores, para que se adequem às necessidades de quem usa.

    Se interessou pelo assunto? Confira o texto que preparamos especialmente sobre mitos e verdades relacionados a lentes fotossensíveis.

    1. Lentes de filtro azul

    A luz azul é aquela que é emitida pela luz artificial de celulares e computadores. A exposição constante a esses aparelhos pode prejudicar bastante a visão e causar sintomas, como dor de cabeça, vista cansada ou até mesmo aumentar o grau do usuário e alterar o sono dele.

    De modo a amenizar esses danos, foram desenvolvidas as lentes de filtro de luz azul que são essenciais para quem necessita ficar bastante tempo diante desses aparelhos.

    Por que optar por essa tecnologia?

    As lentes com filtro de luz azul formam um escudo protetor para os olhos, que impedem que a luz azul violeta prejudique a saúde ocular. Elas também aumentam o conforto para enxergar durante o dia e podem ser somadas à tecnologia antirreflexo para potencializar esse resultado.

    Se aprofunde no tema em nosso artigo “Porque as lentes com filtro de luz azul são as melhores opções para indicar aos seus clientes”.

    1. Existem lentes específicas para quem possui daltonismo?

    Existem óculos direcionados para pessoas que possuem daltonismo. Até então essa condição não tem cura e tratamentos para amenizá-los. Mas, existem óculos que ajudam essas pessoas a enxergar de forma mais nítida.

    Como funcionam os óculos para daltônicos?

    Apesar de serem pouco conhecidas, as lentes para daltônicos possuem uma tecnologia inovadora. Elas possuem filtros especiais revestidos com um composto de minerais, responsáveis por absorver e filtrar os comprimentos de onda entre o vermelho e os verde, ajudando a melhorar a identificação das cores.

    Existem poucos laboratórios no Brasil que trabalham com esse tipo de tecnologia. Elas são mais populares no exterior.

    Temos em nosso blog um texto que traz detalhes sobre como essas lentes para daltônicos foram desenvolvidas e como elas são usadas. Clique aqui para conferir.

    Como escolher as lentes oftálmicas para a sua ótica? Veja dicas para escolher laboratórios com tecnologias para óculos de grau

    A gente sabe que escolher um laboratório para fornecer as lentes oftálmicas da sua ótica é uma atividade que requer muito tempo e esforço e que pode dar dor de cabeça, principalmente quando levamos em conta somente preços baixos. Confira abaixo algumas dicas para não cair em ciladas.

    1. Ter um bom preço não é suficiente

    O preço não deve ser o único fator a ser levado em consideração ao comprar as lentes oftálmicas que devem ser oferecidas pela sua ótica ao seu cliente. Afinal, se não se tratar de um laboratório de confiança, a sua ótica e a saúde ocular do seu cliente podem ser bastante prejudicadas. “Um bom negócio” é aquele que une preços competitivos a qualidade dos produtos e agilidade na entrega.

    1. Não meça esforços ao investir na diversidade de produtos

    Apresentar uma diversidade de modelos e tecnologias para lentes oftálmicas fará com que a sua ótica se destaque no mercado e atrairá novos clientes para ela. Por isso, não pense duas vezes antes de investir em modelos com tecnologias tradicionais e também o que há de novo no mercado.

    É importante também que você esteja sempre disposto a ajudar o seu cliente na escolha dele, apresentando os modelos que podem proporcionar mais conforto e ajudar com que ele enxergue melhor.

    1. Busque por referências em tecnologias para óculos de grau

    A gente bem sabe o quanto a reputação de um laboratório diz sobre ele. Saúde Ocular é coisa séria e assumimos um compromisso com nossos clientes de oferecer o que há de melhor no mercado. Por isso, busque sempre saber opiniões e relatos sobre um fabricante de lentes oftálmicas antes de contratá-lo.

    Conheça a Orgalent: um laboratório comprometido com a tecnologia e inovação

    Há mais de 32 anos no mercado, a Orgalent possui um sério compromisso em melhorar a vida das pessoas através da visão. Apresentamos excelência em surfaçagem de lentes de grau e tratamentos anti reflexos, que podem transformar a vida do seu cliente e a realidade da sua ótica, trazendo reconhecimento a ela.

    Somos uma empresa 100% pertencente ao  Grupo Essilor, líder mundial em lentes oftálmicas. Temos as melhores tecnologias do mercado, que também são usadas nos laboratórios europeus e americanos.

    Confira abaixo algumas das marcas que estão presentes em nosso portfólio:

    Varilux

    Lentes Kodak

    Transitions

    Xperia

    Crizal

    Brasilor

    Oxford

    Eos

    Paragon

    E muito mais!

    Contamos com fornecedores em quatro das cinco regiões brasileiras e temos uma equipe altamente capacitada e pronta para te atender e tirar as suas dúvidas sobre nosso processo de fabricação e venda de lentes oftálmicas. Entre em contato e conheça mais sobre nossos produtos e serviços!

    Marketing para óticas: como usar o reels na estratégia?

    O marketing para óticas é essencial para o sucesso das vendas. Quem não é visto não é lembrado. E você já sabe disso. Estar presente nas redes sociais é essencial para alavancar os resultados e garantir a visibilidade de qualquer negócio, inclusive da sua ótica.

    No entanto, não basta apenas criar um perfil nas redes sociais para alcançar sucesso no digital. É algo que requer muito tempo, dedicação, pesquisa, planejamento e é, claro, muito estudo.

    Para ganhar destaque no instagram, a sua ótica precisa acompanhar as tendências de rede social. Um tipo de conteúdo que vem ganhando destaque é aquele que é bastante dinâmico e feito em formato de vídeo: o reels.

    Considerado um rival da rede social chinesa TikTok, o recurso foi lançado em 2020 e segue sendo bastante consumido pelos usuários. Ele permite criar vídeos com duração média de um minuto, que podem incluir efeitos, áudios de outras pessoas e realizar montagens.

    A popularização do recurso em muito se relaciona com o novo perfil dos internautas: é bastante dinâmico e oferece a informação que a pessoa precisa de maneira rápida e direta. E engana-se quem pensa que o reels só funciona para publicação de coreografias ou dublagem de áudio.

    O recurso pode ser utilizado para os mais variados objetivos, pelas mais diferentes marcas, inclusive para o marketing de óticas.  Quando construído de maneira coerente e planejada, possui altas chances de viralizar e trazer resultados para o seu perfil.

    Ainda tem dúvidas sobre como aplicar as novas tendências do marketing digital na sua ótica? Não se preocupe! A Orgalent preparou um conteúdo que poderá te ajudar nisso. Boa leitura!

    Antes de tudo: o que é e como surgiu o reels do instagram?

    Desde receitas a dicas de exercícios para academia, o consumo de vídeos curtos está cada vez mais comum na vida dos internautas. O reels surgiu em 2020 durante a pandemia da Covid-19 e representa o principal concorrente do TikTok.

    Com a duração máxima de 60 segundos, os reels do instagram é um espaço para que os usuários da rede social produzam esse tipo de conteúdo, que pode ser gravado no momento da publicação ou resgatado da galeria do celular.

    O reels pode ser editado com músicas, filtros coloridos, textos e muito mais. Também existem opções para: sobrepor imagens, aumentar ou diminuir a velocidade das imagens e do som e também um temporizador onde se pode gravar os vídeos sem usar as mãos. Se pode usar e abusar da criatividade para incorporar essas funções.

    Ele não está disponível somente para contas verificadas. Qualquer um pode usá-lo para conseguir engajamento.

    A ferramenta foi bastante aceita pelo público. Uma pesquisa divulgada pelo Opinion Box mostrou que 67% dos brasileiros entrevistados assistem reels ao menos uma vez por dia. Paralelo a isso, 58% afirmaram que veem vários desses vídeos em sequência.

    O recurso virou tendência e há muito tempo deixou de ser somente utilizado para produzir conteúdos humorísticos. Com planejamento, pode se transformar em uma poderosa ferramenta de divulgação do seu negócio.

    O Brasil é o 2º país em número de usuários de Instagram, ficando atrás somente dos Estados Unidos.  Mais da metade dessas pessoas já utilizaram a rede social para se comunicar com empresas.

    Sem falar que  você já deve ter ouvido por aí que existem muitas óticas espalhadas em cada cidade. Em meio a toda essa concorrência, você precisa ficar antenado para não ficar para trás.

    Marketing para óticas: Como escolher o conteúdo que minha ótica produzirá no reels?

    O conteúdo para o reels não deve ser produzido de maneira aleatória. Para que traga resultados, assim como qualquer ação de marketing, ele também precisa de estudo e planejamento. Confira abaixo o passo a passo antes de partir para a ação.

    1. Conheça o seu público

    Conhecer o seu público é o passo inicial de toda e qualquer ação de marketing, sobretudo quando se fala sobre tendências de marketing. Procure saber a idade, quais são as maiores dores e que tipo de conteúdo consome. Uma sugestão é treinar sua equipe para receber essas respostas durante o atendimento na ótica.

    A linguagem que você irá utilizar na publicação deve se adequar ao perfil do seu cliente e ao o que ele deseja saber. Com esses dados, faça a seguinte pergunta: o que eu posso publicar para reter a atenção dessas pessoas? É a partir dela que irão surgir as melhores estratégias.

    1. Planeje e execute

    Agora que você já tem o público em mente, é hora de partir para a ação de marketing para óticas. E o principal desafio é o tempo, pois você tem apenas um minuto para divulgar toda a informação de que precisa.

    Desde a música que você utilizará até a legenda e horário de publicação, tudo deve ser planejado de maneira detalhada para reter a atenção do público.  Mantenha o post alinhado com o objetivo que você traçou.

    Com o roteiro em mãos, lembre-se de que conteúdos de qualidade dificilmente ficam prontos de uma hora para outra. Você pode precisar gravá-lo mais de uma vez, sem falar que uma boa edição também é essencial para garantir visualizações.

    1. Monitore e mensure

    A sua estratégia não acaba depois que o reels é publicado. É preciso acompanhar as reações  e comentários do público para ter a certeza de que o conteúdo teve o resultado esperado. É muito importante responder aos comentários para manter a interação com os seguidores.

    No marketing para óticas ambém é fundamental mensurar os resultados da publicação. Métricas como impressões, visualizações, compartilhamentos e comentários são importantes para saber se o vídeo agradou.

    Caso não tenha ocorrido como você planejou, procure identificar quais foram as falhas na execução para melhorar no próximo.

    Marketing para óticas: Como produzir um conteúdo que viralize no reels?

    Só ser criativo não basta para produzir um reels que viralize nas estratégias de marketing para óticas. Por trás do instagram, existem alguns “macetes” que ajudarão o vídeo da sua ótica a alcançar mais usuários. Confere só!

    1.  Atenção no começo

    Se coloque no lugar do seu seguidor. Quantas vezes você já abandonou um conteúdo nos primeiros cinco segundos?  É essencial reter a atenção do público já no começo dos reels. Traga no título e na introdução da gravação elementos que despertarão a curiosidade de quem assiste e que resumem bem o que será abordado.

    1. Adapte o que já deu certo ao gosto do seu público

    Você já deve ter visto por aí algumas trends bastante populares no reels como: “My name, my age” e “Também me chamam de”. Com a criatividade, você pode muito bem adaptá-los para o contexto e público da sua ótica.

    Por isso, fique de olho nessas tendências no recurso e analise marcas que a adaptaram para te inspirar.

    1. Use músicas que estão em alta

    O som dá realmente um diferencial em qualquer conteúdo de marketing para óticas, não é mesmo? Por meio de uma publicação oficial no perfil para criadores de conteúdo, o Instagram declarou que  que Reels com áudios são mais propensos a serem recomendados.

    Os áudios que possuem uma seta no nome estão em alta e muitos usuários estão utilizando ele para produzir conteúdos virais. O ideal é fazer uso desses áudios no seu conteúdo, gerando uma aproximação com seu público.

    1. Utilize as hashtags corretas

    O uso das hashtags corretas no reels é essencial para aumentar o alcance do vídeo porque facilita o usuário a encontrá-lo. Por isso, opte por tags que se relacionam com o seu conteúdo e que estão sendo usadas por outros perfis semelhantes ao de sua ótica.

    1. Para toda estratégia de marketing para óticas: Não se esqueça da CTA

    A legenda também é parte fundamental do seu conteúdo. Além das hashtags não se esqueça de colocar direcionamento de ações para o seu público (CTA). Frases  como “salve para ver depois”, “compartilhe com um amigo que possa se interessar”,  e “comente o que você achou desse conteúdo” influenciam os usuários a interagirem com o seu post. .

    1. Compartilhe o reels no seu story

    O site Hootsuite provou que repostar o reels nos stories pode aumentar a visualização dos vídeos, o que consequentemente leva a um aumento no número de curtidas e comentários do post. Também é essencial manter a constância das publicações.

    Conheça a Orgalent: um laboratório comprometido com a tecnologia e inovação

    Há mais de 32 anos no mercado, a Orgalent possui um sério compromisso em melhorar a vida das pessoas através da visão. Apresentamos excelência em surfaçagem de lentes de grau e tratamentos anti reflexos, que podem transformar a vida do seu cliente e a realidade da sua ótica, trazendo reconhecimento a ela.

    Somos uma empresa 100% pertencente ao  Grupo Essilor, líder mundial em lentes oftálmicas. Temos as melhores tecnologias do mercado, que também são usadas nos laboratórios europeus e americanos.

    Confira abaixo algumas das marcas que estão presentes em nosso portfólio:

    Varilux

    Lentes Kodak

    Transitions

    Xperia

    Crizal

    Brasilor

    Oxford

    Eos

    Paragon

    E muito mais!

    Entre em contato e conheça mais sobre nossos produtos e serviços!

    Se interessou pelo conteúdo? O texto que preparamos sobre marketing digital para óticas pode ser interessante para você!

    O que deixam as lentes dos óculos mais grossas? Conheça as causas e como amenizar

    A espessura mais grossa das lentes é uma preocupação recorrente das pessoas que possuem um alto grau de miopia. Os modelos mais grossos, popularmente conhecidos como “fundo de garrafa”, causam desconforto e podem prejudicar a autoestima.

    No entanto, os fatores que podem aumentar a espessura das lentes dos óculos de grau vão além dos níveis de miopia e hipermiopia. Os de espessura maior tendem a ser menos discretos, afetam o tamanho que os olhos são vistos e podem causar rejeição ao uso dos óculos.

    Graças às novas tecnologias ópticas, os óculos “fundo de garrafa” podem ser substituídos por lentes mais finas, que não alteram a qualidade do produto. 

    Para proporcionar maior conforto e autoestima para o seu cliente na ótica, é preciso ficar atento na hora de sugerir um modelo e armação. Se você tem dúvidas sobre este assunto, não deixe de ler este artigo que preparamos!

    Quais fatores influenciam na espessura das lentes dos óculos de grau? 

    Engana-se quem pensa que somente pessoas com elevado grau de miopia estão sujeitas aos óculos de espessura grossa. Ela também é influenciada por outros fatores. Confira abaixo os principais:

    1.Índice de refração da lente

    As lentes dos óculos de grau são feitas para corrigir os erros de refração, curvando a luz quando ela atravessa a lente.

    O índice de refração representa a velocidade com que a luz atravessa um meio transparente, que são as lentes dos óculos. Ele é o principal responsável por determinar a capacidade das lentes em mudar a direção de luz e o foco, o que deixa a imagem mais nítida para o usuário.

    Quanto maior o índice de refração exigido, mais espessas são as lentes. Essa regra vale para pessoas com miopia, hipermetropia e presbiopia.

    2. Tamanho da armação dos óculos

    O tamanho dos óculos também influencia na espessura das lentes. O tamanho do aro da armação em muito define se as lentes ficarão com o aspecto mais grosso.

    Isso acontece porque as lentes de miopia tendem a ser mais finas no centro e vão engrossando à medida em que chegam nas bordas.

    Óculos grandes não são recomendados para quem possui graus elevados. Quanto maior o aro da armação selecionada, mais evidentes as lentes ficarão. Além disso, as armações podem ficar mais pesadas, causando desconforto no seu cliente.

     3. Medida entre as pupilas

    A DNP mede a distância do centro da pupila dos olhos do seu cliente em relação ao nariz. Quanto menor for esse número, mais perto se posiciona a pupila da ponte da armação.

    Em casos de miopia e astigmatismo, o menor valor de DNP pode engrossar as lentes na borda. Já nos casos de hipermetropia, o óculos pode ter aumento da espessura na parte de cima.

        4. Altura de montagem dos óculos

    A pupila precisa estar posicionada no centro da armação selecionada para o seu cliente. Esse fator é essencial para que o corte das lentes ocorra de maneira harmônica.

    Se a pupila for posicionada abaixo ou acima no eixo central da armação, acontecerá um aumento na quantidade de anéis presentes nas lentes de correção.

    Como consequência, o corte das lentes será feito nas proximidades das bordas, o que pode aumentar a espessura dos óculos e também a distorção na aparência dos olhos.

    5. Casos de astigmatismo

    O astigmatismo é um erro refrativo num determinado eixo, que resulta no desfoque da imagem na retina. Na receita do seu cliente, as colunas de cilíndrico e eixo estão preenchidas.

    As medidas do “eixo” de astigmatismo presentes nessa receita irão mostrar como a espessura da lente dos óculos será afetada, entenda:

    • 0 a 25º – A parte superior e inferior das lentes de correção terão maior espessura.
    • 70º a 110º-  lentes de correção mais grossas nas partes laterais das lentes de correção.
    • 165º a 180º –  as lentes de correção mais grossas também nas partes superior e inferior.

    Quanto maior o grau de astigmatismo, mais grossas serão as lentes.

    6. Design das lentes de grau

    Existem dois tipos de lentes para óculos de grau no que se refere ao design: as lentes esféricas e as lentes asféricas. Saber a diferença entre cada é essencial para garantir a satisfação e o conforto do seu cliente.

    – Lentes esféricas: Mais populares no mercado, estas lentes, como o nome bem diz, possuem um formato que lembra uma esfera: há uma concentração de material nas bordas. Essa desproporção provoca distorções, que se tornam mais evidentes conforme o grau do seu cliente aumenta.  

    -Lentes Asféricas: De designer mais plano, reduzem o aspecto de fundo de garrafa e podem resultar em lentes mais finas.

    Como amenizar o efeito “fundo de garrafa” nos óculos de grau do seu cliente?

    1. Fique atento ao tamanho do aro da armação escolhida

    A medida do aro pode ser encontrado descrito na haste da armação dos óculos. Apesar do índice de refração adequado, armações maiores consequentemente terão lentes mais grossas.

    As lentes que são utilizadas para corrigir a miopia comumente são finas no meio e grossas na borda, que tendem a aumentar a sensação de “fundo de garrafa”. 

    2. Opte por mostrar ao seu cliente armações redondas

    As armações quadradas possuem um corte que deixa as lentes mais grossas. Por isso, para clientes com grau de miopia elevado, dê preferência a modelos redondos, já que possuem cortes mais próximos ao centro. 

    Como sabemos que a escolha do óculos influencia diretamente a autoestima do consumidor, temos como alternativa em seu estoque armações redondas de cores e estilos que se adequem a diferentes gostos. 

    3. Dê preferência às lentes de design asférico

    Pelo designer mais plano, as lentes asféricas permitem um maior espalhamento do material entre as bordas e o centro, o que torna os óculos mais leves e com o aspecto “fundo de garrafa” reduzido. 

    4. Para Presbiopia e Hipermetropia, o “plus” das lentes que também são surfaçadas

    Para quem apresenta presbiopia e hipermetropia, é recomendado escolher lentes que também sejam surfaçadas e feitas sob medida. Esses modelos possuem as curvas adaptadas para a dioptria que o usuário porta, o que possibilita lentes resistentes e discretas.

    Quer saber mais sobre o que são lentes surfaçadas e a diferença entre elas e as lentes prontas ? Não deixe de ler o artigo que preparamos sobre este assunto.

    5. Evite o rebaixamento de borda

    O rebaixamento de borda é um lixamento que alguns donos de ótica realizam a fim de deixar as lentes de grau mais fina. No entanto, essa prática, além de diminuir a visão periférica do seu cliente, também deixa o efeito “fundo de garrafa” ainda mais evidente.

    6. Escolha lentes de resina

    Para os graus mais altos de miopia, existem as lentes de resina e as de cristal.

    Ao contrário dos modelos de cristais, as lentes de resina são mais resistentes e leves, além de serem bem mais baratas.

    O ideal é propor ao seu cliente lentes com alto índice de refração. Pois, quanto maior esse número, menor será a espessura da lente para dar nitidez à visão.

    Para quem possui grau de miopia superior a quatro, os índices mais recomendados são 1.74 e 1.76,  que amenizam o efeito indesejado. 

    Saiba mais sobre a Orgalent

    A Orgalent é uma empresa do setor óptico que oferece excelência nos serviços de surfaçagem de lentes de grau e tratamentos em lentes oftálmicas, atuando no atacado ou varejo. 

    Somos uma empresa do Grupo Essilor,  uma multinacional francesa líder em lentes oftálmicas.

    Conheça a organização e garanta o que há de melhor no mercado para o cliente da sua ótica!  

    Se você gostou do artigo, aproveite para ler também o artigo que preparamos sobre lentes polarizadas.